Sugestões para viver diariamente com hipotensão

Estimular a circulação

Se a tensão arterial baixa causa queixas, deve tentar em primeiro lugar ativar a sua circulação levando uma vida saudável. As seguintes medidas farmacológicas aumentam a tensão arterial, melhoram os sintomas e previnem as tonturas.

Com alguns truques simples e mudando os hábitos de vida pode-se, em muitos casos, aumentar um pouco a tensão arterial baixa. Se isso não for suficiente, podem-se tomar medicamentos para estimular a circulação. É raro uma tensão arterial baixa esconder uma doença grave.

 

Recomendações nutricionais

Use mais sal!
Aumentando a ingestão de sal de mesa, o seu organismo retém mais líquido, o que aumenta a tensão arterial. O sal é útil de manhã (por exemplo, pão com manteiga com sal, bolachas de água e sal). Deve manter uma dieta baixa em sal em caso de gravidez, se o músculo cardíaco mostrar alguma debilidade (insuficiência cardíaca) ou se tiver uma insuficiência funcional grave dos rins.

Beba mais!
Quanto mais líquido circula nas veias, mais alta é a tensão arterial. Por esse motivo, beba pelo menos dois a três litros de líquido por dia (não açucarado), tal como água, sumos de fruta diluídos ou chá de ervas ou de frutas, por exemplo. Evite volumes excessivos de chá preto ou café. Lembre-se que deve beber mais de três litros por dia quando a temperatura do ar está alta.

Evite o álcool!
O álcool promove problemas circulatórios de várias maneiras. De forma lenta mas segura, destrói os pequenos nervos que devem contrair os vasos sanguíneos quando nos pomos de pé. Além disso, o álcool afeta a regulação do equilíbrio no tronco encefálico e no cerebelo, e reduz o rendimento do coração (cardiomiopatia alcoólica). Além disso, o álcool aumenta a eliminação de líquido. Evite beber álcool se sofrer de sintomas graves causados pela baixa tensão arterial!

Coma mais vezes e em pequenas quantidades!
As grandes refeições concentram o sangue no trato digestivo. As queixas da tensão arterial baixa são evidentes em particular durante a primeira hora após a refeição. Coma antes pequenas porções várias vezes durante o dia. Um expresso (ou café) ou alguns doces ajudam algumas pessoas a não cair no “fundo”/ganhar ânimo/alguma energia/ficaram mais ativos após a refeição.

Cafeína
Uma chávena de café na altura certa ativa a circulação – mas não por muito tempo, infelizmente. Durante um certo período de tempo só a cafeína atua sobre os recetores que participam no controlo da tensão arterial. Mas depois o efeito passa. Beber café permanentemente também não é uma solução. Quando há um excesso de cafeína, os recetores reajustam-se à baixa e o expresso quase não tem efeito. Em vez disso, a tensão arterial baixa ainda mais, , quando não bebe café. Uma chávena de chá mantém-no desperto mais tempo, já que a cafeína (teína) do chá se une aos taninos. Por isso, revela o seu efeito mais lentamente. A concentração de cafeína varia menos que no café; a tensão arterial reage mais lentamente. Mas, se bebe uma chávena de chá regularmente, o seu corpo acostuma-se também à cafeína.

Outros estimulantes
O mesmo se aplica a outros estimulantes: o guaraná, bebidas energéticas ou espumante. Atuam muito bem sobre a tensão arterial durante um curto período de tempo, mas não produzem melhorias duradouras. Além disso, a elevada quantidade de carbohidratos das bebidas energéticas faz com que as pessoas sensíveis acumulem uma grande quantidade de sangue na cavidade abdominal, e a tensão arterial diminui mais.

 

Estilo de vida

Jatos de água fria!
As terapias Kneipp (técnica terapêutica), tais como jatos de água quente e marcha na água , aumentam a tensão arterial estimulando o sistema nervoso simpático. Os duches de água fria ajudam a superar o cansaço matinal. Além disso, a massagem com uma esponja debaixo do duche melhora a circulação. Pelo contrário, os banhos quentes são o pior que pode fazer para a sua circulação: diminuem a tensão arterial e aumentam as vertigens, e as quedas ao levantar-se. Por esse motivo, após o banho passe água fria pelo corpo com o chuveiro. A massagem a seco com uma esponja também ativa a circulação.

Mais almofadas!
Durma com a parte superior do corpo ligeiramente levantada (utilize de 2 a 5 almofadas para elevar-se de 20º-45º). Esta ação previne a hipertensão noturna durante a qual se eliminam grandes volumes de água. Terá menos tonturas pela manhã.

Meias apertadas
As meias de compressão (ou meias elásticas) previnem as tonturas evitando que o sangue se junte nos pés. Além disso, aumenta-se o aporte de sangue ao coração. Precaução: As meias elásticas devem estar apertadas para que sejam eficazes, mas não devem causar constrição, o que significa que devem ser à medida certa e mudar-se a intervalos regulares, pois com o uso acabam por dar de si.

Esteja atento!
Os desmaios são frequentemente antecipados por alguns sinais tais como tonturas, aumento da frequência cardíaca ou suores. Logo que tenha a sensação que o desmaio está iminente sente-se, ajoelhe-se ou ponha-se de cócoras antes que a pressão caia completamente e desmaie.

 

Movimento corporal

Exercite-se!
Praticando desportos de resistência (ativação da circulação) a intervalos regulares, a tensão arterial não aumenta extremamente, mas o corpo aprende a lidar com as flutuações da tensão arterial: os sintomas melhoram inequivocamente. Estimulando a bomba muscular na barriga das pernas, o sangue é bombeado desde as pernas ao coração. Por este motivo não permaneça de pé no mesmo lugar durante muito tempo; mova-se sobre as pontas dos pés ou caminhe.

Mantenha sempre os pés em movimento
Consegue-se um efeito positivo similar fazendo movimentos de ginástica com os pés na posição de sentado ou girando ativamente os pés. Se cruza as pernas, corre o risco de um estancamento de sangue nas pernas.

Leve consigo uma cadeira!
Se caminhar na ponta dos pés não é suficiente e as visitas guiadas a museus são um dos seus hobbies, leve consigo uma pequena cadeira desdobrável. Assim poderá mudar a sua posição, sentando-se e levantando-se, o que estimula a circulação.

Levante-se devagar!  
De manhã sente-se na cama por um minuto, antes de se levantar definitivamente da cama. Se habituar a sua circulação gentilmente às novas exigências, as tonturas tornam-se menos frequentes. 

O que é a hipotensão?